quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Box Set: Megadeth - Peace Sells ... But Who's Buying? (25th Anniversary DELUXE) [2011]



Há algum tempo, tratei aqui no Consultoria do Rock sobre o Box Set Station to Station DELUXE EDITION, de David Bowie, tentando demonstrar minha insatisfação com a caixa. Apesar do grande número de memorabilia que a mesma apresenta para os fãs, musicalmente é decepcionante termos que ouvir as mesmas canções por diversas vezes. Um caso bastante similar ocorre com a edição DELUXE do vigésimo quinto aniversário de Peace Sells ... But Who's Buying, do grupo Megadeth.

Originalmente lançado em 1986, o segundo álbum de estúdio da trupe de Dave Mustaine (guitarra, vocais) alavancou o grupo para um local de relevância entre os principais nomes do Thrash Metal americando, graças a canções que se tornaram clássicos eternos no estilo, principalmente "Wake Up Dead", "Peace Sells", "Devil Islands" e a perfeita revisão para "I Ain't Superstitious", de Willie Dixon. Mais sobre o álbum você encontra na Discografia Comentada que o colega Leonardo Castro escreveu sobre a banda. 


Destaques para as capas externas: dupla para as mídias (acima);
tripla para os vinis (abaixo)

Na época o Megadeth contava com Mustaine, Chris Poland (guitarras), David Ellefson (baixo, backing vocals) e Gar Samuelson (bateria), e foi o último álbum do grupo a contar com Poland nas guitarras, já que o mesmo foi substituído por Jeff Young (que gravou o álbum So Far ... So Good, de 1988). Também foi o último a contar com Samuelson, despedido por alto envolvimento no consumo de drogas, e foi esse time que saiu para a primeira excursão mundial, graças aos altos índices que Peace Sells ... But Who's Buying recebeu.

Um álbum tão importante assim, participante do livro 1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer, não poderia deixar de receber uma edição especial, e em 2011, a EMI resolveu lançar no mercado uma edição comemorativa, que recebeu dois formatos: Special Edition, em uma versão com CD Duplo; DELUXE Box Set, trazendo quatro CDs, um DVD e três LPs. É essa versão que acaba não agradando tanto quanto supõe o número de mídias apresentadas na divulgação.


Destaque para a capa tripla na parte interna

Dos quatro CDs inseridos na caixa, três contém exatamente as mesmas canções, que são as oito faixas representantes da versão final do álbum: "Wake Up Dead", "The Conjuring", "Peace Sells", "Devil's Island", "Good Morning  / Black Friday", "Bad Omen", "I Ain't Superstitious" e "My Last Words". A única diferença é que cada mídia é dedicada para uma masterização diferente, o que somente ouvidos muito atentos irão conseguir captar no resultado final. O disco um traz a masterização feita especialmente para o relançamento, enquanto a segunda mídia consta com versões remasterizadas em 2004, quando a Capitol Records relançou Peace Sells ... But Who's Buying em um DVD-Audio com qualidade de 96k/24-bit para os formatos Surround/Stereo. Por fim, o terceiro CD apresenta uma mixagem feita pelo produtor Randy Burns, que entrou como bônus na versão DVD-Audio citada anteriormente, tendo como diferencial apenas um novo tratamento na remasterização.

Claro que ouvir Peace Sells ... But Who's Buying na íntegra é sempre bem-vindo, mas como o álbum é relativamente curto - pouco mais de trinta e cinco minutos - ficamos com aquele sentimento de perda de mídias, já que mais da metade delas está vazia, e poderia conter algum bônus como sessões de ensaio, registros ao vivo ou qualquer outra preciosidade que é sempre encontrada em uma caixa de tal dimensão.

Encarte do Box

O CD 4 compensa um pouco a frustração com as três mídias anteriores, trazendo uma apresentação do quarteto em Cleveland, no ano de 1987, em um show impecável, sem nada mais do que tirar ou pôr. Em menos de uma hora, Mustaine e cia. colocam a casa abaixo, e mostram toda a potência do Thrash Metal que iria ser consagrado em Rust in Peace (1990), outro grande álbum do grupo.

O DVD resgata os áudios das mídias um e quatro, ou seja, a remasterização de 2011 (em 96k-24bit), que permite ser ouvido somente em um computador, não em aparelhos normais de DVD, e nada mais. Chega a ser vexatório o desperdício de mídia que a EMI, em parceria com a Capitol, fez com esse DVD. Nem uma foto se quer está presente no DVD. Lamentável.


Os três vinis da caixa

Os três vinis (todos em 180 gr) também não apresentam nenhuma novidade. No primeiro vinil, as oito canções de Peace Sells ... But Who's Buying, enquanto os outros dois estão com o show de Cleveland tal qual no CD 4. Porém, a pintura dos LPs com o show de Cleveland é muito bonita, e aqui começam os atrativos visuais da caixa. Um dos vinis é totalmente transparente, enquanto o outro apresenta uma imagem misturando cores em branco e preto, também transparente, mas que saltam aos olhos.

Esses vinis estão inseridos em uma capa tripla na qual em um dos lados temos um close na capa original, privilegiando a face do mascote Vic Rattlehead em frente as Nações Unidas e com os três aviões atacando a mesma ao fundo, enquanto no outro lado temos as Nações Unidas já atingidas pelos aviões, com um olhar espantado de Vic. 


Mídias em compartimentos especiais na capa dupla

As cinco mídias vêm em uma capa dupla, também alusiva (interna e externamente) a ação de ataque contra as Nações Unidas, cada uma em um compartimento especial.

Acompanha ainda uma pasta com duas imagens em preto e branco do quarteto, recriação de um ingresso para o show do grupo no Japão, e três folhetos imitando pôsters de shows contando com o Megadeth, sendo dois idênticos, mudando apenas as cores. A parte interna da pasta imita a agenda de gravações do álbum em 1986 na parte interna, mantendo a sequência de imagens do ataque às Nações Unidas na parte externa. 

Um livreto no tamanho vinil, com dezesseis páginas, também está presente na caixa, trazendo fotos inéditas, as letras das oito canções do álbum e declarações de Dave Mustaine, Dennos Wolfe e, principalmente, Lars Ulrich. 



Vic Rattlehead se mexendo na capa do 25° aniversário de Peace Sells … But Who’s Buying.
Repare na cabeça de Vic:
Pendendo para a esquerda (acima); no centro (centro) e pendendo para a direita (abaixo)

Por fim, um destaque especial para a capa da caixa, no formato 3D, que permite uma visão em movimento de Vic e dos aviões (assim como as capas originais de Their Satanic Majesties Request - Rolling Stones, Captain Beyond - Captain Beyond, e Psycho Circus - Kiss, por exemplo).

Enfim, são atributos que tentam dar mais pontos para a caixa, mas não chegam a satisfazer completamente quem investe seus cobres na mesma. Fica então a dica: se você é muito fã e colecionista, adquira esse Box; caso contrário, se deseja apenas conhecer uma obra atemporal no Thrash Metal, e ainda curtir o grupo que a gravou em uma ótima apresentação ao vivo, parta para a versão Special que estará ganhando dinheiro.


Todo o material da caixa

Track list

CD 1: Original Album, Remastered 2011

1. Wake Up Dead
2. The Conjuring
3. Peace Sells
4. Devil's Island
5. Good Morning  / Black Friday
6. Bad Omen
7. I Ain't Superstitious
8. My Last Words

CD 2: Remixed, Remastered Versions from 2004 e CD 3: Randy Burns Mixes Remastered 2011

Mesmo que CD 1

CD 4: Live at the Phantasy Theatre, Cleveland 1987

1. Intro
2. Wake Up Dead
3. The Conjuring
4. Bad Omen
5. Rattlehead
6. Killing Is My Business ... And Business Is Good
7. Lookig Down The Cross
8. My Last Words
9. Peace Sells
10. These Boots Were Made For Walkin'
11. Devils Islands
12. Last Rites / Loved to Death
13. Mechanix

DVD: Hi-Res . WAV Audio Files of Original Remastered Album and Live Show
Original Album, Remastered 2011

O mesmo que CD 1 e CD 4

Vinil 1

Mesmo que CD 1

Vinil 2 e 3

Mesmo que CD 4

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...